SIMPLIFICAR, POR ONDE COMEÇAR?


Acontece sempre em Janeiro. Passada a festa, os doces, a árvore, o presépio e brinquedos novos que entram casa a dentro em Dezembro, vem uma enorme necessidade de dar uma geral e de me virar um bocado para dentro. De abrandar e simplificar. É o Inverno ou o ano novo? Talvez os dois.

Andei a semana passada desejosa de lançar as mãos aos enfeites e árvore de Natal e enfiar tudo na caixa. Mas não… Deixa vir o dia de reis.. Os miúdos ficavam tristes e tradição é tradição.LER MAIS

É designer gráfica. Vive em Lisboa e tem dois filhos. Gosta de dias que se desenrolam sem planos, de caminhar, de fotografia e não passa sem doses maciças de sol. Da vontade de abrir caminho para uma vida mais simples, em sintonia com o seu ritmo e o da natureza, inicia o blogue Slower em 2015. Dois anos depois, abre a casa a colaborações e torna o Slower numa comunidade participativa. Acredita que um dia ainda vai fazer um inter-rail com os filhos e que eles vão gostar. É uma optimista.

SETE DIAS SETE PRATOS · MARIA CORDOEIRO II


Há uns dias atrás disse à Filipa que não se preocupasse com o Sete Dias Sete Pratos desta semana, que eu já estava a tratar disso. Queria fingir a mim mesma (e a ela) que estava a começar o ano muito mais organizada e aplicada. Também adoraria dizer que sou tão planeada que já tinha na manga uma série de ementas prontas a publicar. Só que não.LER MAIS

Maria Cordoeiro

É psicóloga. Tem quatro filhos. Um marido. Dois cães. Gosta de dias tranquilos mas que não lhe fujam dos planos. Gosta de cozinhar, de ouvir música, de costurar, de se deitar tarde, de tricotar e de ir à praia. Gosta de fazer coisas em geral e de pessoas em particular. Ou vice-versa. Tem um blogue onde conta alguns pormenores do seu dia-a-dia e onde fala da sua procura de um equilíbrio que considera urgente: parar e aproveitar todos os momentos, em contacto com a Natureza e com os outros. Em 2017 escreve o livro Viver Devagar e inicia a sua colaboração com o Slower.

SETE DIAS SETE PRATOS · LU VALLES

Comecei por conhecer um bocadinho da Lu e da sua família pelo Rebuçado Ácido, o primeiro blogue português com um foco em moda infantil sem fru-fru. Na altura, uma verdadeira lança em África, no meio de tanta gola rendada e laçarotes. Anos largos mais tarde fui dar, via instagram, com uma talentosa fotógrafa que captava o dia-a-dia dos seus filhos tal como ele era: autêntico, sem os tais fru-frus e que ainda por cima, parecia viver em Portugal. Facto que me deixou mais curiosa, já que este estilo de fotografia de família completamente diferente do que se via por cá. Era novamente a Lu, claro.LER MAIS

É designer gráfica. Vive em Lisboa e tem dois filhos. Gosta de dias que se desenrolam sem planos, de caminhar, de fotografia e não passa sem doses maciças de sol. Da vontade de abrir caminho para uma vida mais simples, em sintonia com o seu ritmo e o da natureza, inicia o blogue Slower em 2015. Dois anos depois, abre a casa a colaborações e torna o Slower numa comunidade participativa. Acredita que um dia ainda vai fazer um inter-rail com os filhos e que eles vão gostar. É uma optimista.

SETE DIAS SETE PRATOS · OS ORTEGAS


Antes de mais, gostava de pedir desculpa pelo atraso na ementa desta semana. Foi o feriado, o advento, a árvore de Natal. Entrada no mês. Saída do mês.

Aproveitámos a deixa e “empurrámos” esta ementa para hoje, pois é o dia de aniversário de quem a escreveu!!

LER MAIS

Maria Cordoeiro

É psicóloga. Tem quatro filhos. Um marido. Dois cães. Gosta de dias tranquilos mas que não lhe fujam dos planos. Gosta de cozinhar, de ouvir música, de costurar, de se deitar tarde, de tricotar e de ir à praia. Gosta de fazer coisas em geral e de pessoas em particular. Ou vice-versa. Tem um blogue onde conta alguns pormenores do seu dia-a-dia e onde fala da sua procura de um equilíbrio que considera urgente: parar e aproveitar todos os momentos, em contacto com a Natureza e com os outros. Em 2017 escreve o livro Viver Devagar e inicia a sua colaboração com o Slower.

SETE DIAS SETE PRATOS · OS CAVACOS


Conhecemos os Cavacos em 2011. Na altura tinha o Jacinto 4 anos e passava os dias a cantar de cor as canções do Tiago. Um dia o Francisco viu o Tiago na rua e, literalmente “seguiu-o” para lhe pedir um autógrafo para levar ao Jacinto. Conversaram muito nesse dia.

No dia seguinte o Tiago, que era na altura pastor numa igreja perto do trabalho do Francisco, apareceu para um café, mais conversa e ainda lhe ofereceu uma série de discos da “Flor Caveira“. Daí nasceram muitas conversas e uma grande amizade. Entre eles, entre nós, entre todos.LER MAIS

Maria Cordoeiro

É psicóloga. Tem quatro filhos. Um marido. Dois cães. Gosta de dias tranquilos mas que não lhe fujam dos planos. Gosta de cozinhar, de ouvir música, de costurar, de se deitar tarde, de tricotar e de ir à praia. Gosta de fazer coisas em geral e de pessoas em particular. Ou vice-versa. Tem um blogue onde conta alguns pormenores do seu dia-a-dia e onde fala da sua procura de um equilíbrio que considera urgente: parar e aproveitar todos os momentos, em contacto com a Natureza e com os outros. Em 2017 escreve o livro Viver Devagar e inicia a sua colaboração com o Slower.

SETE DIAS SETE PRATOS · DANIELA E HELDER


Das coisas boas que às vezes acontecem aqui é recebermos mensagens vossas, por isso ficámos felizes quando recebemos o email da Daniela a propôr partilhar a rotina da “ausência de rotina” da família dela no que toca a refeições – tomara a muitos uma “não rotina” destas! Mais feliz ainda ficámos quando recebemos os sete pratos. Não só não há nenhum que não queira experimentar, como adorei a boa energia que corre nesta familia à volta do prazer da comida e rápidamente me senti transportada um destes jantares sem relógio e bem regados.

LER MAIS

É designer gráfica. Vive em Lisboa e tem dois filhos. Gosta de dias que se desenrolam sem planos, de caminhar, de fotografia e não passa sem doses maciças de sol. Da vontade de abrir caminho para uma vida mais simples, em sintonia com o seu ritmo e o da natureza, inicia o blogue Slower em 2015. Dois anos depois, abre a casa a colaborações e torna o Slower numa comunidade participativa. Acredita que um dia ainda vai fazer um inter-rail com os filhos e que eles vão gostar. É uma optimista.

SETE DIAS, SETE PRATOS · MARINA COSTA AMADO


A amizade da Nina foi um dos bons “presentes” que esta “coisa” da Internet me trouxe.

A Nina era uma assídua e querida seguidora do seismaisdois. Um dia a Nina e o Ricardo escolheram vir festejar o primeiro aniversário da sua filha em Portugal e, recebi deles um e-mail a perguntar por sítios bonitos para um piquenique. Mas, na verdade eu sabia que o tempo andava incerto e então convidei-os para um lanche pequeno e familiar, para festejar o aniversário da pequena Thereza. E assim foi. A verdade é que desde que entraram na nossa porta nesse dia até hoje ficámos com uma forte amizade com esta família. Mesmo a um oceano de distância.

LER MAIS

Maria Cordoeiro

É psicóloga. Tem quatro filhos. Um marido. Dois cães. Gosta de dias tranquilos mas que não lhe fujam dos planos. Gosta de cozinhar, de ouvir música, de costurar, de se deitar tarde, de tricotar e de ir à praia. Gosta de fazer coisas em geral e de pessoas em particular. Ou vice-versa. Tem um blogue onde conta alguns pormenores do seu dia-a-dia e onde fala da sua procura de um equilíbrio que considera urgente: parar e aproveitar todos os momentos, em contacto com a Natureza e com os outros. Em 2017 escreve o livro Viver Devagar e inicia a sua colaboração com o Slower.

SETE DIAS SETE PRATOS · MARIANA AMARAL


Esta semana no sete dias sete pratos trazemos uma família próxima de nós. A Mariana é casada e mãe de 3 rapazes com 8, 6 e 3 anos. Actriz de formação é fundadora da Companhia de Teatro da Chaminé e, quando não está a treinar dragões ou a ensaiar outras histórias fantásticas, é frequente encontrá-la na cozinha a fazer magia. É uma cozinheira criativa e de mão cheia, sempre com o cuidado de porporcionar uma alimentação saudável, apetecível e colorida aos seus rapazes.LER MAIS

Maria Cordoeiro

É psicóloga. Tem quatro filhos. Um marido. Dois cães. Gosta de dias tranquilos mas que não lhe fujam dos planos. Gosta de cozinhar, de ouvir música, de costurar, de se deitar tarde, de tricotar e de ir à praia. Gosta de fazer coisas em geral e de pessoas em particular. Ou vice-versa. Tem um blogue onde conta alguns pormenores do seu dia-a-dia e onde fala da sua procura de um equilíbrio que considera urgente: parar e aproveitar todos os momentos, em contacto com a Natureza e com os outros. Em 2017 escreve o livro Viver Devagar e inicia a sua colaboração com o Slower.

SETE DIAS, SETE PRATOS · LOS AMADOS


Esta semana trazemos para o Sete Dias Sete Pratos, uma família muito especial e divertida. Uma família que todos adoramos, sobretudo pela a sua simplicidade, cumplicidade e sentido de humor com que partilham o seu dia-a-dia.

LER MAIS

Maria Cordoeiro

É psicóloga. Tem quatro filhos. Um marido. Dois cães. Gosta de dias tranquilos mas que não lhe fujam dos planos. Gosta de cozinhar, de ouvir música, de costurar, de se deitar tarde, de tricotar e de ir à praia. Gosta de fazer coisas em geral e de pessoas em particular. Ou vice-versa. Tem um blogue onde conta alguns pormenores do seu dia-a-dia e onde fala da sua procura de um equilíbrio que considera urgente: parar e aproveitar todos os momentos, em contacto com a Natureza e com os outros. Em 2017 escreve o livro Viver Devagar e inicia a sua colaboração com o Slower.

OFICINA DE PÃO


Deixar de comprar pão foi para nós, além de uma decisão, um longo caminho. Um compromisso connosco próprios que começou com uma pesquisa grande sobre todo este bonito processo. Que farinha, que fermento, que ritmos etc. etc. Mais tarde, deparámos-nos com um site de um tal padeiro português que vivia em Estocolmo e que percebia tanto de pão que trocou a informática pelo pão. A engenharia pela padaria. Rapidamente o seu site se tornou, para nós, uma bíblia do pão, onde aprendemos a aperfeiçoar o nosso pão, a fazer fermento e até um delicioso e insubstituível pão de leite (ou pão de hambúrguer) que tanto usamos lá por casa. Quando chegou a altura de escrever um livro convidámos – ainda sem o conhecer pessoalmente – o Paulo para partilhar connosco uma das receitas tanto usadas em nossa casa: o fermento caseiro.LER MAIS

Maria Cordoeiro

É psicóloga. Tem quatro filhos. Um marido. Dois cães. Gosta de dias tranquilos mas que não lhe fujam dos planos. Gosta de cozinhar, de ouvir música, de costurar, de se deitar tarde, de tricotar e de ir à praia. Gosta de fazer coisas em geral e de pessoas em particular. Ou vice-versa. Tem um blogue onde conta alguns pormenores do seu dia-a-dia e onde fala da sua procura de um equilíbrio que considera urgente: parar e aproveitar todos os momentos, em contacto com a Natureza e com os outros. Em 2017 escreve o livro Viver Devagar e inicia a sua colaboração com o Slower.