3 PICNICS SIMPLES, SAUDÁVEIS E ZERO DESPERDÍCIO

A pensar na praia e no desafio zero plástico deste mês, organizei uma cábula de picnics simples, saudáveis zero desperdício. Qualquer um deles pode ser feito a partir de ingredientes não processados e sem embalagem de plástico. Todos os ingredientes podem ser comprados em mercados, mercearias e casas a granel.

Como recipiente, cá em casa costumamos usar frascos de vidro, se bem que as marmitas de aluminío são capazes de ser uma melhor opção por serem inquebráveis e mais leves. Também podem ser tupperwares convencionais que tenham, desde que sejam reutilizáveis. Para embrulhar as sandwiches, costumamos enrolar os pães num guardanapo, a partir de um dos cantos, dando um nó com as pontas, à japonesa.

1. DE GARFO E FACA
De longe o farnel que faço mais vezes. Apesar de requerer alguma preparação, este é, para mim, o mais simples, pois para além de uma salada de sustento, basta-me complementar com fruta e um bom sumo e está feito. Não há sandes de cada nação para cada um, nem mil frascos e embrulhos.

· Salada de atum com feijão frade ou Salada de cuscus, tomate cherry, pepino, coentros e sementes de girassol tostadas.
· Gapacho ou sumo de melância
· Fruta da época

2. OLD SCHOOL
Este é o picnic de praia mais parecido com que costumava levar quando era criança. Fiz no entanto algumas alterações para o tornar mais saudável e zero desperdício. Às vezes substituo o pão por wraps caseiros que aprendi a fazer aqui.

· Sandes de alface, pasta de feijão preto (é só juntar lima, sal, azeite, coentros e cominhos ao feijão cozido e triturar), pepino, abacate e cebola.
· Ovos cozidos
· Fruta da época
· Chá frio de erva príncepe ou de hortelã,

3. MINIMALISTA
Basicamente, o picnic minimalista consiste em preparação… miníma. Ou seja, em agarrar naquilo que por cá costuma haver no frigorífico e meter no cesto.

· Pão  – mas pão a sério, passem pela Gleba a caminho da praia.
· Azeitonas
· Tomates cherry / palitos de cenoura e pepino / talos de aipo
· Húmus ou molho de cajú e coentros – para comer com o pão ou usar como dip.
· Fruta da época

Para um boost de energia extra, experimentem esta receita!

Boa praia e bons picnics,
Filipa

É designer gráfica. Vive em Lisboa e tem dois filhos. Gosta de dias que se desenrolam sem planos, de caminhar, de fotografia e não passa sem doses maciças de sol. Da vontade de abrir caminho para uma vida mais simples, em sintonia com o seu ritmo e o da natureza, inicia o blogue Slower em 2015. Dois anos depois, abre a casa a colaborações e torna o Slower numa comunidade participativa. Acredita que um dia ainda vai fazer um inter-rail com os filhos e que eles vão gostar. É uma optimista.
PARTILHAR Tweet about this on TwitterShare on FacebookPin on PinterestGoogle+Email to someone

3 Comments

  1. Obrigada pela partilha Filipa! Gostei imenso e vou aproveitar as ideias.
    Também gosto muito de “picnicar” e sobretudo preparar lanches saudáveis e o mais caseiros possível 😉 Beijinho

COMENTAR